Dica de Marketing #32 – Chatbot: o que é e como ele te ajuda a vender mais.

Você gostaria de revolucionar a forma como sua empresa conversa com seus clientes?

Então o Chatbot pode ser a estratégia ideal para sua empresa.

Veja agora o que é Chatbot, e como ele pode ajudar a sua empresa a vender mais.

O que é Chatbot?

O Chatbot é aquele robô que conversa com você via chat quando você precisa de algum auxílio ao navegar na internet.

Ele já está presente nos sites dos mais diversos segmentos de empresas e promete facilitar a sua vida, otimizando o seu atendimento e direcionando sua dúvida para que seja sanada rapidamente.

Empresas de comunicação, restaurantes, grandes lojas, entre outros, já utilizam esta tecnologia tanto para atendimentos via computador quanto via celular.

E não para por aí.

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, resumiu bem o que o Chatbot significa:

“Você deveria enviar uma mensagem para uma empresa do mesmo jeito que envia para um amigo. Você deve ter uma resposta rápida e isso não deve exigir sua atenção total, como uma ligação telefônica exige. E você não deveria ter que instalar um novo aplicativo.”

É por isso que as empresas de chatbot trabalham para oferecer diálogos que se aproximam ao máximo de uma conversa real entre pessoas.

Muitos destes diálogos inclusive possuem tons informais, para que o cliente se sinta mais a vontade.

Estes detalhes ajudam as empresas a se posicionarem no mercado de forma diferenciada, além de vender mais.

Como o Chatbot funciona?

Muitos chatbots começam com regras simples, oferecendo opções de resposta mediante a pergunta do usuário.

Lembra-se daquelas opções que ouvíamos nas ligações: pressione 1 para vendas, pressione 2 para suporte…as versões mais simples do robô começam mais ou menos assim.

Mas o mercado se aprimorou de forma bastante rápida.

Hoje já existem opções que englobam diálogos mais complexos e, ao longo do tempo o robô vai se atualizando e se torna capaz de responder mais dúvidas, interagindo de forma cada vez mais pessoal com o usuário.

Os softwares de automação para chatbots permitem inclusive que o robô aprenda à medida em que responde as perguntas, o que torna a solução cada vez mais personalizável para seu negócio.

Onde você pode utilizar o chatbot?

Os chatbots abriram novas possibilidades para o atendimento das empresas: do telefone ele migrou para o Messenger, Skype, até para o WhatsApp.

A maior novidade foi o aplicativo para automatização de respostas para WhatsApp. Por este ser o aplicativo mais baixado no mundo todo, utilizá-lo diretamente para conversar com o cliente traz mais rapidez e conveniência, pois o usuário já está habituado a utilizar o app e se sente mais a vontade.

A versão WhatsApp Business inclusive foi lançada oferecendo a opção de uma resposta automática e isso agradou bastante aos usuários.

E percebendo o aumento da demanda por uma solução exclusiva para WhatsApp, uma empresa brasileira se adiantou e criou o primeiro chatbot para o aplicativo.

Saiba mais sobre como ele pode te ajudar logo abaixo.

Chatbot para WhatsApp

Dentre todos os apps de automatização de respostas para o WhatsApp, o WhatsBot é a solução de uma startup que já está revolucionando o atendimento via aplicativo.

Você consegue treinar seu robô para responder perguntas similares, a partir de palavras-chave diferentes.

É uma forma de aumentar a velocidade do seu atendimento, especialmente se o seu negócio envolve muitas respostas repetitivas aos clientes.

Outro benefício é o aumento das vendas, pois você conseguirá atender mais pessoas em menos tempo e muito provavelmente só precisará falar diretamente com o cliente numa fase mais avançada da venda.

E não para por aí.

A startup criadora do robô oferece aulas gratuitas te ensinando a construir seu chatbot de uma forma bastante simples e rápida.

Confira agora mesmo em: whatsbot.com

A série de dicas de marketing está chegando ao fim!

É chegada a hora de fechar com chave de ouro tudo o que você aprendeu com a dica de marketing #33 – Métricas: o que são e como escolher as melhores para sua empresa.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email